Telefonando da Disney World para o Brasil… dicas e cuidados para não cair em uma armadilha!!!

Que a Disney é um lugar muito bacana, não há nenhuma dúvida. O que não faltam são pontos a destacar e elogiar e, inclusive, quem quiser ver dicas e sugestões para os parques Disney de Orlando, Califórnia e Paris, pode ler nossos posts anteriores clicando aqui. Mas como nada é perfeito, ela também tem seus problemas. E é sobre um deles que falaremos agora, para alertar os visitantes que se hospedarem em hotéis dentro da Disney World, contra uma situação que parece ser muito comum, que é a cobrança de tarifas (extremamente) altas de telefone para ligações internacionais (no nosso caso de interesse, ao Brasil).

Quem se hospeda em hotéis dentro do complexo Disney World (tal como o All Star Movies, All Star Sports, All Star Music, entre outros) encontra em seu quarto, junto ao aparelho de telefone, um guia, com orientações detalhando o funcionamento do sistema de telefonia e regras de cobrança.

Nesse guia consta a seguinte informação, em inglês:

Internacional Calls
Direct
Touch 8 + 011 + Country Code + City Code + Number
(AT&T operator assisted day rate + 55% surcharged billed to room)

Ou seja, no guia consta que o custo será o da operadora AT&T, mais uma sobretaxa de 55% cobrada pelo hotel. Nada consta, entretanto, acerca dos valores efetivos. Questionando a recepção do hotel, a informação é a mesma, ou seja, que será cobrada a tarifa da operadora com um acréscimo de 55%, mas também sem informações mais precisas ou tabelas de preços.

Apesar do guia não trazer nenhuma lista de preços, com base no bom senso, qualquer pessoa de conhecimento médio imagina que o valor de uma ligação internacional entre Brasil e Estados Unidos não custa mais que alguns dólares por minuto.

Nesse contexto, tivemos a seguinte (e infeliz) experiência: ao fazer uma ligação para o Brasil, por cautela pela ausência de valores, usamos somente 02m:22s (dois minutos e vinte e dois segundos). Posteriormente, pedimos uma conta parcial para ver o custo da referida ligação. E nesse momento se verifica o absurdo: o hotel All Star Movies cobrou a tarifa inacreditável de US$ 47,56 (quarenta e sete dólares e cinqüenta e seis centavos) por uma ligação de pouco mais de dois minutos.

O duro é que, diante das reclamações a esse respeito, a recepção apenas informou que os valores estavam corretos (sem qualquer outra justificativa), reconheciam que essa situação era muito comum no hotel, e mencionam que se o cliente se sente prejudicado deve buscar as medidas legais que entender cabíveis.

Enfim, uma verdadeira agressão praticada contra o hospede, em uma situação de pouquíssima transparência. E, para se verificar o tamanho do abuso, para efeito de comparação, uma ligação a cobrar feita dos EUA para o Brasil, em horário normal, com duração de 02m:21s, pelo sistema Brasil Direto da Embratel, custou R$ 2,61 (dois reais e sessenta e um centavos). Chocante, não é?!

QUADRO COMPARATIVO

Ligação

Custo

Ligação internacional EUA-Brasil de 02m:22s feita no hotel Disney US$ 47,56
Ligação internacional EUA-Brasil de 02m:21s feita a cobrar pelo sistema Brasil Direto da Embratel R$ 2,61

Portanto, fica a dica: estando hospedado em hotel da Disney, não use o sistema de telefonia. Para fazer uma ligação para o Brasil, o melhor é usar o telefone público do lobby do hotel, e fazer uma ligação a cobrar pelo sistema Brasil Direto, discando (dos EUA) através do número 1800 344 10 55 (ou outra operadora preferida).

Anúncios
Esta entrada foi publicada em EUA com as etiquetas , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s