Disneyland (California): Dicas, roteiros e atrações

Paradise pier

No nosso top 10 de atrações Disney (https://alfinetandoomapa.wordpress.com/2013/09/11/disney/), escolhemos o Disneyland, na  Califórnia, como o melhor dentre todos os parques ocidentais da Disney. A razão para isso: custo-benefício. É o parque que mais agrega opções e atrações de qualidade. Várias das melhores e principais atrações que estão distribuídas nos diversos parques de Orlando, estão disponíveis de forma mais concentrada na Califórnia, além de atrações exclusivas, que só existem na Califórnia.

Por essa razão, uma visita aos parques californianos permite conhecer as principais atrações Disney em um período de tempo reduzido.

No Brasil o Disneyland californiano é menos conhecido que o Walt Disney World de Orlando. No entanto, o Disneyland é o parque original de todo o império Disney, foi fundado em 1955 e a partir dele que nasceram os outros, servindo ele de óbvia inspiração para o Magic Kingdom e para os demais parques fora dos EUA. Arrisco dizer, inclusive, que para os norte-americanos o Disneyland é mais referência que o Disney World de Orlando. Ao menos, é a impressão que fiquei pelos comentários, divulgação e publicidade vistas em cidades importantes dos EUA como Nova York, Los Angeles etc.

Situado na cidade de Anaheim, distante aproximados 50 quilômetros de Los Angeles, o complexo californiano é composto por dois parques, o Disneyland e o Disney California Adventure, além da área Downtown Disney. Um ponto interessante aqui, é que a entrada de ambos os parques e o Downtown Disney são bem integrados, o que facilita o acesso entre parques e área de compras, facilitando essa troca durante o dia. Ou seja, a proximidade permite uma visita geral em um dia, trocando de parques a pé. Semelhante ao que ocorre na Disney Paris, e bem diferente do WDW-Orlando, onde os parques ficam muito distantes uns dos outros, sendo necessário usar carro ou ônibus para fazer a troca. Vamos aos comentários sobre cada parque:

Disneyland:

Estatua - Disneyland

O Disneyland é o típico parque da Disney, com castelo, brinquedos infantis, paradas, shows, e como dito antes, é evidente base de inspiração para os parques de outras regiões. Portanto, quem já esteve no Magic Kingdom de Orlando ou no Disneyland de Paris irá reconhecer as inúmeras semelhanças entre os parques.

Logo ao adentrar ao parque se vê o Castelo da Bela Adormecida, embora em dimensões menores que os castelos dos demais parques. É possível fazer a visita ao interior do castelo.

As atrações mais clássicas e famosas dos parques Disney podem ser encontradas no Disneyland: a mansão assombrada (Haunted Mansion), piratas do caribe (Pirates of the Caribbean),a montanha russa fechada Space Mountain, a montanha russa Splash Mountain, o simulador Star Tours (que simula uma viagem espacial com os personagens da saga Star Wars), a casa dos personagens na área denominada Toontown.

Correio-MickeyMas o melhor vem ao anoitecer. O Disneyland oferece, em um mesmo parque, dois shows excelentes, sendo possível assisti-los em seqüência: o espetáculo Fantasmic e o show de fogos de artifício sobre o castelo da Bela Adormecida.

Disney California Adventure:

O Disney Califórnia Adventure é um parque exclusivo, só existente na California. Embora tenha algumas atrações reproduzidas em outros locais, sua concepção é bastante original e diferente de outros parques existentes.

Ele apresenta ícones da região californiana. Logo na entrada, uma reprodução da ponte Golden Gate, e destaca-se uma área, denominada ¨Paradise Pier¨, que reproduz a Califórnia antiga e sua região litorânea (conforme a foto no início deste post). Nessa área do Paradise Pier se encontram duas atrações interessantes: a ótima montanha-russa aberta Califórnia Screamin e a roda-gigante Mickey´s Fun Wheel, que se difere por ter um sistema que faz com que as cápsulas dos ocupantes deslizem durante a rotação da roda, aumentando a adrenalina. Do alto da roda-gigante, se tem uma bela visão da região. Essas atrações, me parecem, são exclusivas desse parque e não foram reproduzidas em nenhum outro. Outra atração bastante famosa e exclusiva é a área Cars Land, que reproduz Radiator Springs, a cidade do filme ¨Cars¨, e integra diversas atrações baseadas no filme. O parque ainda possui, como destaques, o simulador de vôo Soarin Over California, que foi reproduzido posteriormente na Epcot Center de Orlando, e o elevador que despenca da atração Twilight Zone Tower of Terror (presente tanto em Orlando quanto em Paris). Para os menores, existem algumas atrações como a região chamada Bug´s Land (inspirada no filme Vida de Inseto). Nessa área existe também o cinema 3D It’s Tough to be a Bug!. O parque oferece também o show musical do Aladdin, que é sempre uma boa opção. Ainda, o parque apresenta um belo show ao final de noite, denominado World of Colors, que ocorre no Paradise Pier, em frente à roda gigante.

Em geral:

Uma visita de dois dias (um dia por parque) é adequada para conhecer bem o complexo. Mas mesmo em um dia é possível conhecer os parques. Nesse caso, adquirindo um ingresso hopper, que permite a troca de parques, sugerimos visitar inicialmente o Disney California Adventure, e na parte da tarde trocar de parque pelo Disneyland, para aproveitar os shows do fim de noite. Na saída dos parques, pode-se visitar o Downtown Disney, visto que ele é integrado aos portões de entrada/saída.

Em síntese, retomando o comentário inicial que abriu esse texto, os parques californianos possuem ótimo custo-benefício, pois permitem conhecer a maioria das atrações clássicas da Disney (piratas do caribe, mansão fantasma, o show fantasmic, o show de fogos de artifícios, as montanhas russas space mountain e california screamin, o simulador de vôo soarin, o simulador star tours, conhecer e fotografar a casa do Mickey em ToonTown, entre outros), bem como fazer compras no Downtown Disney, em uma rápida visita de um ou dois dias. Ou seja, muitas atividades e atrações, em um tempo reduzido e conseqüentemente a um custo menor.

DESTAQUES

Porque ir: O parque original da Disney (Disneyland) oferece as principais atrações do universo Disney, e é possível visitá-lo em poucos dias, o que permite conjugar a viagem com outras atrações do oeste norte-americano, como Los Angeles, San Diego, Las Vegas etc.

Quando ir: Embora a região ofereça um clima acessível em qualquer época do ano, o ideal é no período de mais calor, entre abril e outubro, mas de preferência fora da alta temporada, como em julho, para evitar parques lotados.

O ponto alto: os shows e paradas disponíveis no Disneyland

A roubada: Como são somente dois parques (e o California Adventure não é um parque muito grande), não se justifica programar uma estadia muito longa. Dois ou três dias são mais que suficientes, pois além disso passa a ser um passeio repetitivo.

Não deixe de ver: O espetáculo Fantasmic (cujo vídeo pode ser visto abaixo), e na seqüência o show de fogos no Castelo da Bela Adormecida, ambos no Disneyland.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em EUA, Parques temáticos com as etiquetas , , , , , , . ligação permanente.

4 respostas a Disneyland (California): Dicas, roteiros e atrações

  1. Pingback: Concluindo: Uma visão geral dos parques ocidentais da Disney e as melhores opções de viagem | Alfinetando o mapa

  2. Pingback: Quer viajar? Alfinetando o mapa « Um pouco de tudo

  3. Pingback: Relembrando os melhores posts de 2013 | Alfinetando o mapa

  4. Pingback: A melhor parada dos parques Disney (na nossa opinião) – Once Upon a Dream Parade | Alfinetando o mapa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s